Justiça condena pichadora da Bienal a quatro anos em regime semiaberto

Pivetta foi uma das pichadoras no ataque à Bienal de São Paulo em 2008, quando um grupo invadiu o pavilhão no dia da abertura ao público e pichou paredes, causando tumulto com seguranças da mostra.

A defesa de Pivetta tentou reverter sem sucesso a condenação para que ela fosse indiciada apenas pelo crime de pichação.

“Isso nos surpreende, pois foi mantida a interpretação mais radical da sentença”, disse à Folha o advogado Augusto Arruda Botelho, que defende a jovem. “O tribunal entendeu que houve formação de quadrilha e também destruição do patrimônio.”

Como ainda cabem recursos, Pivetta responderá em liberdade até novo julgamento em instâncias superiores.

 

Em julgamento ontem, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo manteve a condenação de Caroline Pivetta a quatro anos de prisão em regime semiaberto.

O engraçado é ela foi convidada para participar, como artista, da próxima Bienal de Berlim, marcada para o ano que vem.

 

Caroline Pivetta

Anúncios

Sobre bitoz

videomaker and tripper

Publicado em 16/09/2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: