Aumento na acidez dos oceanos deve prejudicar incidência de corais

 	As pesquisas mostram que a calcificação de corais apresenta atualmente redução de 15%. | Imagem: Tourism Australia
As pesquisas mostram que a calcificação de corais apresenta atualmente redução de 15%. | Imagem: Tourism Australia

Os corais e outros organismos marinhos correm perigo, graças ao aumento dos níveis de acidez dos oceanos. Segundo pesquisadores da Universidade do Havaí, os grandes responsáveis por isso são os gases emitidos pelas ações humanas, que desregulam a velocidade com que os processos naturais deveriam ocorrer.

O estudo foi divulgado no último domingo, na revista científica “Nature Climate Change’, e conclui que 65% dos gases emitidos pelas ações humanas entram em contato com o mar e alteram a acidez das águas. O resultado disso é uma redução na calcificação dos corais e moluscos.

As pesquisas mostram que a calcificação de corais apresenta atualmente redução de 15%. Mas, nos próximos 90 anos deve chegar a 40%, em relação ao período que antecedeu a Era Industrial. Para chegarem a esta conclusão os pesquisadores se basearam na quantidade de aragonito presente no oceano. Ele é um tipo de carbono de sódio que auxilia a medição da acidez das águas, quanto mais ácida, menores são os níveis de aragonito.

Tobias Friecdrich, um dos líderes do estudo, explicou que as mudanças ocorreram de maneira muito mais rápida que os processos naturais. “Em algumas regiões, as mudanças na acidez do oceano provocadas pelo homem desde a Revolução Industrial são cem vezes maiores que as mudanças naturais verificadas entre a última Era Glacial e os tempos industriais”.

Quando as mudanças ocorrem mais devagar os organismos conseguem se adaptar. No entanto, a rapidez com que eles foram afetados nos últimos duzentos anos reduziu a incidência de aragonito em 50% e é possível que sejam encontrados apenas 5% deles até o final deste século. Assim, Alex Timmermann, co-autor do estudo, acredita que até 2050 devem ocorrer severas reduções na diversidade, complexidade e resistência dos corais. Com informações do Globo Natureza.

Via Ciclo Vivo

Anúncios

Sobre Vitor Souza

tem 25 anos é formado em Engenharia Ambiental e Sanitária. @vitorhc_ E-mail Site Save no Facebook

Publicado em 26/01/2012, em Animais, Meio Ambiente e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: