Raízes de árvores, pontes naturais

Apesar de não parecer, estas pontes que mostramos aqui estão vivas. São raízes desse tipo particular de árvore que crescem de forma peculiar, possibilitando que pontes naturais vivam sejam feitas e sejam fortes o suficiente para serem usadas para tal propósito.

Confira algumas fotos:

Nas profundezas do nordeste da Índia, em um dos lugares mais úmidos do planeta, as pontes não são construídas – elas são cultivadas.

As pontes de vida de Cherrapunji, na Índia, são feitas a partir das raízes da árvore Ficus elastica. Esta árvore produz uma série de raízes secundárias a partir de partes mais altas de seu tronco, e pode confortavelmente se acomodar em cima de pedregulhos enormes ao longo das margens dos rios, ou até mesmo no meio dos próprios rios.

Cherrapunji tem fama de ser o lugar mais chuvoso do planeta, e os War-Khasis, povo de uma tribo em Meghalaya, há muito tempo percebeu a existência dessa árvore e viu em suas raízes poderosas uma oportunidade para atravessar muitos rios da região. Agora, quando e onde é necessário, os habitantes simplesmente crescem suas pontes.

A fim de fazer com que as raízes de uma árvore elástica  cresçam na direção certa – digamos, sobre um rio – os Khasis usam troncos de noz de bétele, cortadas ao meio e ocas por dentro, para criar o sistema de orientação da raiz. As finas e macias raízes da árvore, impedidas de se espalhar aleatoriamente pelos troncos de bétele, crescem retas. Quando chegam ao outro lado do rio, deixam-se as raízes entrarem no solo novamente. Dado tempo suficiente, uma ponte resistente e viva é cultivada.

As pontes de raiz, algumas das quais tem mais de cem metros de comprimento, levam de 10 a 15 anos para se tornarem totalmente funcionais, mas elas são extraordinariamente fortes – o suficiente para que algumas delas possam suportar o peso de cinqüenta ou mais pessoas ao mesmo tempo.

Por estarem vivas e ainda está crescendo, as pontes na verdade ganham força ao longo do tempo – algumas das pontes de raiz mais antigas que são usadas diariamente pelo povo das aldeias ao redor Cherrapunji podem tem bem mais do que 500 anos de idade.

Uma ponte de raiz especial, que pode ser a única de seu tipo no mundo, é na verdade duas pontes empilhadas uma sobre a outra, passando a passou a ser conhecida como a “Ponte de dois andartes de Umshiang.”

Via Super Sugoi

Anúncios

Sobre Vitor Souza

tem 25 anos é formado em Engenharia Ambiental e Sanitária. @vitorhc_ E-mail Site Save no Facebook

Publicado em 17/05/2013, em Meio Ambiente, Ser Mais Humano e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: