Skate Run no Dia Mundial Sem Carro

Em setembro, o Skate Run vai reunir atletas profissionais e amadores em uma corrida inédita de 8 quilômetros. No dia 22 de setembro, acontece o Skate Run, primeira corrida de longo percurso de nível nacional da modalidade, que contará também com uma versão de 3 Km para a família e para o lazer. O encontro quer reunir 10 mil praticantes em São Paulo, maior centro do skate no país, e chamar a atenção do público para o skate como opção de mobilidade em grandes centros.

As inscrições são gratuitas e já podem ser realizadas no endereço: http://on.fb.me/14Yg4WA Organizado e realizado pela Confederação Brasileira de Esportes Radicais (CBER), com apoio da Confederação Brasileira de Skate (CBSk), o evento acontece juntamente com a Virada Esportiva, da Secretaria de Esportes da Prefeitura Municipal de São Paulo, que tem início no dia 21. A prova terá a participação especial de Fernando Batman, um dos percursores do esporte no país, e contará com a presença de Sandro Dias, hexacampeão mundial de skate vertical, entre outros grandes nomes do esporte. “O esporte brasileiro precisa de uma prova como esta, que visa colocar o skate no centro das atenções das pessoas com dois objetivos: primeiro, atrair novos praticantes, mostrando as vantagens do skate como meio de locomoção e para promover a saúde. E, como segundo objetivo, queremos revelar talentos e dar aos atletas já estabelecidos uma nova vitrine que incentive o investimento das empresas. O skate brasileiro já tem 29 títulos mundiais e até agora não construiu um grande evento no país. O Skate Run pode ser essa nova plataforma”, resume Fernando Batman que, por ser um dos nomes históricos do esporte no Brasil, foi escolhido para apadrinhar o evento, que pretende reunir todas as tribos do skate nacional.

Cruiser- A versão “inclusiva” do skate O Skate Run pretende fixar no cenário esportivo nacional um jeito novo de praticar skate, chamado de “cruiser”, que pode ser considerado a versão urbana do badalado “stand-up”, vertente do surf na qual os praticantes ficam em pé sobre pranchas largas e utilizam um remo. A comparação vem da facilidade que ambas versões esportivas proporcionam em sua prática. Ou seja, até quem não tem familiaridade com o skate, pode se divertir sem esforço e ser incluído em um universo esportivo. 

”É importante podermos incentivar a prática de esporte. E termos uma vertente do skate que seja mais fácil de assimilar é um bom caminho”, diz o secretário municipal de esportes da cidade de São Paulo, Celso Jatene. “Além disso, os participantes poderão desfrutar do prazer de andar de skate pelas ruas da maior cidade do Brasil, totalmente livres de carros e outros obstáculos”, completa Jatene. Para isso, o circuito será dividido em dois traçados: um com o percurso de 3 km para famílias e amadores e outro de 8 km para profissionais e praticantes de nível avançado. A largada está prevista para as 9h (de Brasília), na Praça Charles Miller.

Sonho antigo Segundo uma pesquisa encomendada em 2009 pela CBSK ao Instituto Datafolha, o Brasil conta com cerca de quatro milhões de praticantes de skate, sendo 10% do sexo feminino. Uma das capitais do skate no país, São Paulo conta com aproximadamente 400 mil adeptos. O estado de São Paulo atinge cerca de 1,2 milhão de skatistas. Apesar disso, a capital paulista até hoje não conta com um espaço dedicado exclusivamente ao esporte. Geralmente, os praticantes, inclusive famílias e crianças, precisam compartilhar os espaços com bicicletas e outras modalidades, o que invariavelmente gera conflitos pela disparidade de velocidade e dinâmica. “Além de incentivar o uso do skate e de ajudar no surgimento de novos talentos, esperamos que o Skate Run ajude a chamar a atenção para o problema da falta de um espaço específico”, diz Leonardo Rodrigues, presidente da CBER. “Somente este espaço já seria um grande serviço à população e um impulso importante para o esporte”, conclui. SKATE RUN tem realização da Confederação Brasileira de Esportes Radicais, com patrocínio do Banco do Brasil através da Lei de Incentivo ao Esporte e apoio da Secretaria de Esportes da Prefeitura Municipal de São Paulo e Confederação Brasileira de Skate. A XYZ Live é a responsável pela comercialização das cotas de patrocínio da corrida para empesas como o Banco do Brasil, principal patrocinador do evento com apoio do Ministério do Esporte através da Lei de Incentivo ao Esporte. A XYZ Live, que investe desde sua fundação nos esportes de ação, já realizou e produziu eventos como os X Games, a olimpíada dos esportes radicais; o Red Bull X Fighters, competição de motocross na Esplanada dos Ministérios em Brasília para mais de 100 mil pessoas, e atualmente comercializa o Jump Festival, principal evento de esportes radicais do Brasil. A empresa gerencia a carreira do hexacampeão mundial Sandro Dias, o Mineirinho, um grandes nomes do esporte em nível internacional.

via

Anúncios

Sobre Gustavo Brossi

Fundador do projeto Save The Animals Include You, skatista, videomaker, autoditada e acredita na humanidade.

Publicado em 12/09/2013, em Meio Ambiente, Política, Ser Mais Humano e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: