Exposição de Frida Kahlo no Brasil

exposicao-frida-kahlo-2014-brasil-3

A partir do dia 17 de julho, a mostra “Frida Kahlo – As suas fotografias” entra em cartaz noMuseu Oscar Niemeyer (MON). A exposição que está no Museum of Latin American Art em Long Beach nos Estados Unidos, chega em terras brazucas na cidade de Curitiba, e na sequência segue para Málaga, na Espanha.

A exposição traz uma série fotografias da artista e registra diferentes fases da sua vida: com seu pai, médico, marido e amigos. A coleção, com 240 fotos, pertence ao Museu Frida Kahlo. Segundo o curador da exposição, Pablo Ortiz Monasterio, “o acervo reflete de maneira clara os interesses que a pintora teve ao longo da sua tormentosa vida: a família, o seu fascínio por Diego e os seus outros amores, o corpo acidentado e a ciência médica, os amigos e alguns inimigos, a luta política e a arte, os índios e o passado pré-hispânico, tudo isto revestido da grande paixão que teve pelo México e pelos mexicanos”, afirma.

Um pouco sobre sua vida:

Frida Kahlo nasceu em 6 de julho de 1907 na casa de seus pais, conhecida como La Casa Azul em Coyoacán, na época uma pequena cidade nos arredores da Cidade do México e hoje um distrito. Seu pai, Guillermo Kahlo (1871-1941), nasceu Carl Wilhelm Kahlo, em Pforzheim Alemanha, filho de Henriette Kaufmann e Jakob Heinrich Kahlo. A própria Frida afirmava que seu pai era de ascendência judaico-húngara, mas pesquisadores demonstraram que os pais dela não eram judeus, mas luteranos alemães.

A mãe de Frida, Matilde Gonzalez y Calderón, era uma católica devota de origem indígena e espanhola. Os pais de Frida se casaram logo após a morte da primeira esposa de Guillermo, durante o nascimento do seu segundo filho. Embora o casamento tenha sido muito infeliz, Guillermo e Matilde tiveram quatro filhas, sendo Frida a terceira. Ela tinha duas meio-irmãs mais velhas. Frida ressaltava que cresceu em um mundo cheio de mulheres. Durante a maior parte de sua vida, no entanto, Frida se manteve próxima do pai.

Em 1913, com seis anos, Frida contraiu poliomielite, a primeira de uma série de doenças, acidentes, lesões e operações que sofreu ao longo da vida. A poliomielite deixou uma lesão no seu pé direito, pelo que ganhou o apelido de Frida pata de palo (ou seja, Frida perna de pau). Passou a usar calças, depois longas e exóticas saias, que se tornaram uma de suas marcas pessoais.

E para os apaixonados por Frida, recomendo que acessem o site oficial do Museu Frida Kahlo que está localizado na própria casa onde a artista morou. Vocês vão pirar, é incrível!

Serviço

Frida Kahlo – As Suas Fotografias
Data: 17 de julho a 02 de novembro de 2014
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h
Local: Museu Oscar Niemeyer – Sala 03 – Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico – Curitiba – PR
Ingressos: R$6 e R$3 (meia-entrada para professores e estudantes com identificação)
Mais informações aqui.

Anúncios

Sobre Gustavo Brossi

Fundador do projeto Save The Animals Include You, skatista, videomaker, autoditada e acredita na humanidade.

Publicado em 14/04/2014, em Arts, Design, Ser Mais Humano e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: